“Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo.” (1 CORÍNTIOS 3:1)

Há alguns que aceitaram Jesus, mas nunca alcançaram a maturidade espiritual. Eles passaram a vida toda na igreja, só que jamais chegaram a ser cristãos maduros. Estes ainda são considerados “meninos espirituais”, “bebês em Cristo”. Conhecem muito pouco das Escrituras, possuem pouco desejo de orar, assim como são poucas as marcas do cristianismo que demonstram em sua rotina. Dizer: “Eu vou melhorar, e para isso vou empenhar todas as minhas forças e rever meu modo de viver” é até louvável, mas fútil. É como se um homem morto dissesse: “Eu vou — através de puro esforço — sair deste caixão e voltar a viver”. Você precisa de um poder que vai além de si mesmo.

Não pode se livrar de hábitos e cadeias, que o prendem. Precisa de alguém de fora para o ajudar; precisa de Jesus. A Bíblia nos fala de uma ponte de fé que vai do vale da aflição aos altos montes da gloriosa esperança em Cristo. Ela nos diz onde estamos, e mais do que isso, nos mostra onde podemos estar com Ele. É claro que nunca seremos totalmente maduros até estarmos na presença de Jesus, mas é possível crescermos a cada dia como cristãos.

Oração do dia: Age em minha vida neste dia, Senhor, para que eu amadureça como cristão, conheça-te melhor e a mim seja revelada Tua perfeita vontade.

Billy Graham